A posição da China sobre Crypto permanece a mesma; Blockchain, não Bitcoin

Em um recente relatório da mídia estatal chinesa Xinhuanet, o governo chinês quer que seus cidadãos deixem de prestar atenção à moeda criptográfica, mas se concentrem mais na tecnologia da cadeia de bloqueio, a tecnologia por trás das moedas criptográficas.

A China está enfatizando que o atual aumento de quase todas as moedas criptográficas pode parecer muito atraente para os investidores, o que pode não ser permanente.

De acordo com a reportagem da mídia, o alerta é proteger os cidadãos e residentes chineses de tomarem decisões de investimento que prejudiquem a vida. No entanto, ela incentiva os cidadãos a investir mais tempo e recursos na tecnologia Blockchain, uma vez que ela pode ser aplicada em várias indústrias.

Nas últimas semanas, o preço da Bitcoin subiu, já que superou seu recorde anterior, alcançado em 2017, quando atingiu US$ 20.000 por Bitcoin. A mesma história vale para outras moedas criptográficas. Algumas até triplicaram de preço, representando lucros de investimento maciço para o detentor da criptocracia.

A direção da Bitcoin é incerta

Vários analistas de mercado previram na recente Bull Run e para onde o mercado está se dirigindo em seguida. Alguns até previram que o preço da Bitcoin poderia chegar a 100.000 dólares em breve, como mostram os índices de mercado.

Entretanto, a China está aconselhando seus cidadãos a não jogar todo seu saco de investimento na Bitcoin porque o mercado é altamente volátil. Geralmente, o país é conhecido por ser um forte apoiador e defensor de tecnologia avançada. Mas, desta vez, o governo está fazendo uma distinção entre a cadeia de bloqueio e a moeda criptográfica.

Com base na publicação, uma das razões para o conselho contra o investimento em moeda criptográfica é que ninguém sabe por que Bitcoin está subindo rapidamente. Como resultado, a queda pode ser dramática e muito volátil para alguns investidores.

O governo chinês sempre foi muito protetor de seus cidadãos quando se trata de investimentos. No posto compartilhado, o governo descreveu o preço do Bitcoin como um „hype“, e o risco de negociação na moeda criptográfica superior é muito alto, de acordo com o posto.

Diferentes visões sobre a cadeia de bloqueio e a moeda criptográfica

Mas quando se trata da tecnologia por trás da Bitcoin, a China é bem conhecida por ser uma otimista ardente. Ela tem feito esforços conjuntos para desenvolver sua indústria de blocos e percorreu um longo caminho para desenvolver seu sistema de Pagamento Eletrônico de Moeda Digital (DCEP).

O país já passou na primeira etapa de seus testes DCEP. Além disso, a China está em processo de desenvolvimento de seu serviço de rede baseado em cadeias de blocos. Várias cadeias públicas já se integraram à rede, incluindo EOS, NEO, Tezos, e Ethereum. Mas é a postura negativa do Bitcoin e da moeda criptográfica que permanece inalterada.